É sabido que muita gente acaba entrando na carreira de freelancer por causa da dificuldade de encontrar um emprego, instabilidade do mercado tradicional ou até mesmo não conseguir se adaptar à rotina de trabalho (aquele das 8 horas diárias, bater ponto, escritório, etc.). Mas também, há um número cada vez maior de pessoas já empregadas que deseja sair do mercado tradicional e abraçar uma vida mais independente, dinâmica e por vezes arriscada.

O trabalho freelancer é considerado cada vez mais como uma possibilidade real de carreira independente, mas, por outro lado há também aqueles que querem ou precisam conciliar com o trabalho assalariado.

Como começar

Se gerenciar uma carreira é complicado, imagina duas! Mas é perfeitamente possível conciliar o trabalho freelancer com o tradicional. Aos poucos você pode descobrir qual caminho é mesmo para você e optar em apenas um.

Inicialmente, defina alguns serviços que pode fazer fora do horário de expediente e procure pelo primeiro cliente. Importlante não tentar abraçar nada muito complexo e custoso no início. O objetivo não é ficar rico, mas obter experiência, e claro, uma renda extra. Conforme você for adquirindo experiência e conhecimento, poderá procurar algo maior. Preste atenção em como se sente no emprego e na hora do freela. Qual traz mais prazer e satisfação pessoal? Esse fator, ainda mais do que o dinheiro, será um grande indicativo da direção a seguir.

Uma jornada dupla de trabalho, a vida pessoal, os hobbies, a atividade física e as tarefas da casa podem acabar por sobrecarregá-lo se não souber se organizar. O planejamento será seu melhor amigo nesse caso. Defina horários, e um exclusivo para seus freelas. Uma rotina organizada irá ajudar a não perder tempo e saber exatamente qual é o período aceitável para concluir cada tarefa.

Vantagens

Dentre as vantagens, trabalhar como freelancer dá a oportunidade de atuar com aquilo que você mais gosta, e naquela área a qual você realmente quer construir a sua carreira profissional. O resultado disso é você sendo um profissional mais completo e com diferenciais no currículo que muitos dos seus concorrentes não terão.

Como freelancer você colocará em prática uma série de habilidades muito valorizadas pelo mercado de trabalho atual. São pontos que talvez você não consiga exercitar no seu emprego tradicional.

No emprego tradicional, você tem seu salário fixo garantido no final do mês e alguns benefícios que representam economia a cada mês. Apesar de ter certeza do ganho desses valores, os gastos cotidianos são muitos, e além disso, é sempre bom pensar em ter uma poupança para emergências ou até mesmo para a realização dos seus sonhos. Na maioria das vezes apenas o salário não é suficiente e um trabalho freelancer pode ajudar. É importante lembrar que a renda que você recebe do seu trabalho freelancer é variável e precisa de um certo cuidado e controle.

Vale a pena encarar uma jornada dupla?

É preciso muita disposição e organização, mas com certeza será recompensador. Você irá se descobrir melhor como profissional, quais são as suas fortalezas e qual o valor que seu serviço tem para o mercado. Ao mesmo mantém a “segurança” do seu emprego fixo para poder tentar e experimentar coisas diferentes como freela.

Importante tirar aquele tempo para descanso. O trabalho freela pode ser uma armadilha por não ter uma jornada definida. Virar noites não é uma boa opção. Não esqueça que sem o devido tempo para descanso, não vai demorar para que a qualidade do seu trabalho sofra.

Por fim, sim, vale a pena! Se seguir as dicas, você conseguirá se preparar para uma carreira de maior sucesso sem comprometer sua saúde ou o tempo com a família.